Texto:

Ezequiel: 47. 1. Então aquele homem me conduziu de volta à entrada do Templo, e vi água saindo de debaixo da soleira do Templo e fluindo em direção ao Oriente, a Leste, porquanto a Casa estava voltada para o Oriente. A água descia de debaixo do lado Sul do Templo, ao sul do Altar. 2. Em seguida ele me levou para fora, pelo portão Norte, e conduziu-me pelo lado de fora até o portão externo que dá para o Oriente, Leste, e a água fluía do lado Sul. 3. O homem deslocou-se para o lado oriental com uma corda de medir na mão e, enquanto se movia, totalizou mil côvados longos, isto ao quinhentos metros e me fez passar pelas águas, que batiam na altura do meu tornozelo. 4. De novo mediu quinhentos metros e conduziu-me pela água, que chegava ao joelho. Mediu então mais quinhentos metros e me levou pela água, que batia na cintura. 5. Ainda mediu mais quinhentos metros, mas agora era um rio que eu não conseguia atravessar, porque a água havia subido muito e já era tão profunda que só se podia atravessar a nado; era um rio que não se podia vencer apenas caminhando.

Introdução: A Agua é a Palavra que vem do Trono de Deus. Quanto mais nos aprofundamos nela, mais ela vai nos inundando, porém, chega um ponto que ela se torna tão profunda que não podemos mais controlar nossos passos e então precisamos decidir se vamos continuar nos aprofundando e deixar o Espírito de Deus nos conduzir, ou se paramos ali.

Quando decidimos nos aprofundar na Palavra e deixar que Deus nos conduza, Ele nos revela coisas tremendas, coisas estas que nos transformam em mananciais de vida para outros.

1) Tornamo-nos fonte de cura:

6. Ele então me indagou: “Observaste tudo isso, ó querido filho do homem? E transportou-me de volta à margem do rio. 7. Assim que cheguei, notei muitas árvores em cada lado do rio. 8. E ele me revelou: “Estas águas fluem para o Leste, em direção a região oriental e, descendo até a Arabá, ao vale do rio Jordão, chegando ao mar Morto, e ao entrarem nas águas salgadas, estas se tornam doces e saudáveis.

2) Tornamo-nos também Fonte de vida:

9. Por onde passar o rio haverá todo tipo de animais e de peixes. Porquanto essas águas límpidas fluem para lá e saneiam as águas salgadas; de modo que onde o rio passar tudo ganhará vida. 10. Os pescadores estarão junto dele; haverá lugar para estender as redes desde En-Gedi, Fonte do Bode, até En-Eglaim, Fonte das Bezerras; as pescarias serão fartas com peixes de várias espécies, como os pescados no mar Mediterrâneo.

3) Tornamo-nos em sal que dá sabor a vida das pessoas

11. Todavia, seus charcos e pântanos não represarão água potável, e serão deixados para a produção de sal.

4) Tornamo-nos frutíferos e alimentamos a muitos:

12. Então junto ao rio, em ambas as margens, nascerá todo tipo de árvore que dá fruto comestível. A sua folha não murchará nem o seu fruto apodrecerá. E produzirão novos frutos todos os meses, porque a água que flui do santuário é purificadora e chega a elas. Seus frutos servirão de alimento, e suas folhas de remédio!” - Bíblia JFA Offline

Quando entramos pelas águas da revelação que é a Palavra de Deus, nos tornamos como essas águas.

Como está escrito em João: 7. 37. No último dia, o mais solene dia da festa, Jesus colocou-se em pé e clamou em pranto: “Se alguém tem sede, deixai-o vir a mim para que beba.  38. Aquele que crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.”  - Bíblia JFA Offline

Conclusão: A condição para que isto aconteça é ir a Jesus e beber dEle, pois Ele é a água da vida. Só assim, seremos uma fonte de cura, daremos sabor a vida das pessoas e nos tornamos fonte de alimento.

Também há um preço para isto, morte para este mundo como está escrito em "João: 12. 24. Em verdade, em verdade vos asseguro que se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, permanecerá ele só; mas se morrer produzirá muito fruto.  - Bíblia JFA Offline"

Precisamos permitir que o Senhor, através do seu doce Espírito nos conduza, bem como, precisamos sair do centro da nossa vontade para entrar no centro da vontade do Pai para que sejamos bem sucedidos no propósito para o qual fomos criados!


Ministério Monte Sião

Ministério de Células - Esboço de Marcia Lembrance Morello