Importante Saber:

UM PONTO SOBRE A INFLUÊNCIA DA REFORMA PROTESTANTE 

(Pr. Jennison Fernandes)

A Reforma, que complete neste mês 501 anos, influenciou as áreas mais importantes da sociedade.

EDUCAÇÃO: tornando-a livre e universal. As mulheres, que antes não poderiam estudar, através da Reforma, obtiveram o acesso à informação e formação. Através da educação, o povo pôde exercer, com sabedoria e de forma plena, a sua cidadania.

POLÍTICA: Separação entre a Igreja e o Estado; entre o Estado e a religião.

ECONOMIA: Trabalho com missão, recursos sendo enviados às nações. O chamado de Deus é para todos nós. Todos são vocacionados. Todos podem conquistar independentemente da classe econômica que nasceu. Pedro escreveu, em sua 1ª carta, capítulo 4, versos 10 e 11, que Deus deu a cada um de nós um presente: de Sua grande variedade de dons espirituais. Use-os bem para servir uns aos outros. Você tem o dom de falar? Então fale como se o próprio Deus falasse por você. Você tem o dom de ajudar os outros? Faça com toda a força e energia que Deus fornece. Então, tudo o que você faz, trará glória a Deus através de Jesus Cristo. Toda a glória e poder d’Ele para sempre e sempre! Amém!


Inicio do Estudo:

GLÓRIA SOMENTE A DEUS – “Soli deo Gloria”

Texto base: Romanos 11:33-36 (ler)

Neste ensinamento, os reformadores nos lembram de que todos os aspectos da nossa vida cristã estão em trazer a glória somente a Deus. Não é sobre nós, é sobre Deus.

No contexto de Romanos, Paulo não está trazendo glória a Deus por algo que Ele havia recebido em sua vida. Paulo traz uma conclusão lógica da soberania de Deus.

Ele escreve a respeito do Poder e da soberania de Deus, quais são suas prerrogativas. Quando entendemos que todas as coisas são d’Ele e para Ele. Ele criou todas as coisas. O homem foi criado para a glória de Deus, portanto, tudo que ele faz, deve ser destinado à glória de Deus. Este foi o ensino, tanto do Velho, quanto do Novo Testamento. Veja o que as Escrituras dizem em Is 43:7 e Rm 11:36.

Por que Deus busca a sua glória?

Algumas pessoas dizem que Deus é egoísta e, por esse motivo, busca ser glorificado. A resposta mais comum e básica é por que Deus é Deus. Tudo existe por Ele. Se Deus buscasse glória fora de si, Ele deixaria de ser Deus. Ele com todo o seu poder, tudo criou, então, nada pode ser glorificado, exaltado, a não ser Deus, pois tudo provém d’Ele. Só existe um Deus, por isso, tudo redunda em sua glória.

Em Efésios 1:3-14, quando Ele diz para dar somente glória a Ele, percebemos que o nosso Deus trino deseja que o Filho (Jesus) seja glorificado. Quando Jesus é glorificado, o Pai é glorificado; e quando o Santo Espírito é glorificado, Jesus também é glorificado. Há uma busca entre as três pessoas da Trindade (Pai, Filho e Espirito Santo), para que o outro seja sempre glorificado (João 17:1-5,10 e 22-24).

O Nosso Deus nos convida a dar glória a Ele. Quando fazemos isso, o Deus trino é glorificado.

A história bíblica narra isso: Deus não cria o universo e tudo que há nele por que estava sozinho. Deus é Deus em si mesmo. Ele é amor e completude eterna. Gênesis 1 e 2 refletiram e demonstraram a glória de Deus.

Para o escândalo de alguns, a queda do homem é para a glória de Deus. Na queda, em Gênesis 3:15, o descendente da mulher vai pisar a cabeça da serpente. A queda não pega Deus de surpresa, ela ocorre para que Deus seja glorificado e exaltado.

Pois, através do seu Filho, a humanidade será resgatada. E assim é durante todas as narrações bíblicas. O filho subsistindo em forma de Deus, assumiu a forma de servo – para a glória de Deus. O Filho foi tentado, mas, em tudo permaneceu sem pecado – para a glória de Deus. O Filho, sem pecado, foi morto em uma Cruz – para a glória de Deus. O Filho morreu por nossos pecados – para a glória de Deus. O Filho venceu a morte e ressuscitou – para a glória de Deus. O Filho ascende aos céus – para a glória de Deus. O Espirito Santo foi derramado sobre a igreja – para a glória de Deus. O Filho voltará dos céus, como Rei dos reis e Senhor dos senhores – para a glória de Deus (Apocalipse 19:1-9; 11-16). Ele que veio como ovelha, agora, virá como leão – todas as nações, governos e ímpios se renderão a sua glória

Temos uma liberdade que os incrédulos não têm, que é imitar a Jesus e viver então para a glória de Deus. Somos chamados então: Para ter amizade, para a glória de Deus; nossas palavras, nossas atitudes, casar, constituir família, trabalhar, descansar, TUDO é para a gloria de Deus. Paulo vai dizer em Filipenses 4:12, que sabe passar com muito ou pouco. A circunstância não determina a sua alegria, pois tudo é para a glória de Deus. Fomos criados para gloria de Deus. Não usamos as pessoas, pois temos amor pelas pessoas. Pois tudo é para a glória de Deus.

Compartilhe Agora: O que significa para você, hoje, dar glória somente a Deus?

A Reforma, que complete neste mês 501 anos, influenciou as áreas mais importantes da sociedade.

EDUCAÇÃO: tornando-a livre e universal. As mulheres, que antes não poderiam estudar, através da Reforma, obtiveram o acesso à informação e formação. Através da educação, o povo pôde exercer, com sabedoria e de forma plena, a sua cidadania.

POLÍTICA: Separação entre a Igreja e o Estado; entre o Estado e a religião.

ECONOMIA: Trabalho com missão, recursos sendo enviados às nações. O chamado de Deus é para todos nós. Todos são vocacionados. Todos podem conquistar independentemente da classe econômica que nasceu. Pedro escreveu, em sua 1ª carta, capítulo 4, versos 10 e 11, que Deus deu a cada um de nós um presente: de Sua grande variedade de dons espirituais. Use-os bem para servir uns aos outros. Você tem o dom de falar? Então fale como se o próprio Deus falasse por você. Você tem o dom de ajudar os outros? Faça com toda a força e energia que Deus fornece. Então, tudo o que você faz, trará glória a Deus através de Jesus Cristo. Toda a glória e poder d’Ele para sempre e sempre! Amém!

Pr Jennison Fernandes