O que significa Solus Christus? Qual a sua importância?

É o ensinamento de que Jesus é o único mediador entre Deus e a humanidade; não há salvação através de nenhum outro. A Bíblia diz: “Há um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus, o qual se entregou a si mesmo como resgate por todos” (1Timóteo 2.5-6).

Na linguagem do texto bíblico da lição de hoje, podemos dizer que Jesus é a única porta de acesso a Deus.

Texto: João 10.7-10

1. Qual é a importância de uma porta em nosso dia-a-dia? Que problemas enfrentaríamos se elas não estivessem presentes?

A porta é um objeto muito importante do nosso dia-a-dia. É ela é uma via de acesso que nos permite entrar e sair dos mais diversos lugares. Sem ela, nossas vidas seriam muito dificultosas e limitadas. A palavra “porta” também pode ser usada com um sentido metafórico, por exemplo, quando dizemos que “uma porta se abriu para mim”. Nesse contexto, porta tem como significado “oportunidade”.

No texto que lemos, Jesus afirma, metaforicamente, ser uma porta (João 10.9). Vamos refletir um pouco sobre qual é o significado dessa afirmação para as nossas vidas.

a - Eu sou a porta

Ao afirmar ser uma porta, Jesus estava dizendo duas verdades: Ele é acesso e segurança. Ele é uma via de acesso e uma oportunidade para as pessoas. O ser humano caído caminha por um mundo fechado. São poucas as oportunidades para uma vida feliz. Dessas poucas, a maioria é efêmera e ilusória. Diante disso, Jesus diz: “Eu sou a porta”. Nele encontrase a possibilidade de uma vida plena. No texto que lemos, está escrito: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em

abundância” (João 10.10).

Contudo, Ele também estava se comparando com os pastores daquela época que dormiam na porta do curral e se colocavam como proteção entre as ovelhas e os lobos ou ladrões. Quando afirma ser a porta, está ensinando que possui direitos sobre o rebanho e que somente com Ele as ovelhas estão em segurança. Ele veio para dar a vida pelas ovelhas (João 10.10,11,15,17) e guardá-las de todo o mal (João 10:28).

Você reconhece em Jesus uma via de acesso e uma oportunidade para uma vida plena?

b - Se alguém entrar por mim, será salvo.

Reconhecer que Jesus é a porta não é suficiente. É necessário entrar por ele. Ele afirma: “Se alguém entrar por mim será salvo”. Há uma condição. Para gozar de seus benefícios é imprescindível passar por ele. Nesse sentido, estar perto também não é suficiente. Aquele que está a 5 cm da porta está em uma situação igual à daquele que se encontra a 5 km: não entrou por ela. Reconhecer que Jesus é o salvador e ter simpatia por ele não é satisfatório.

A condição é se comprometer em fé com ele. Isso trará a salvação, a qual não se limita ao perdão dos pecados e ao livramento da morte, mas significa também uma vida abundante no tempo que se 

chama “hoje”.

Não há outra via de acesso. Ele é a oportunidade. Em Mateus 11.28, Jesus disse: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei”. Quando nos virmos fechados e cercados pelas tribulações e problemas que a vida nos traz, haverá uma porta de saída com uma placa luminosa com o escrito “vinde”. Haverá um convite sendo feito a todos, anunciando que ele é uma oportunidade de alívio e restauração. Só os que responderem “sim” serão agraciados.

2. Você já entrou pela porta? Ou está apenas perto dela?

Se sim: Entrará, e sairá, e achará pastagem.

No texto que lemos, Jesus está comparando o seu relacionamento com os discípulos ao contexto do relacionamento de um pastor com suas ovelhas. No versículo 7, ele afirma ser a porta das ovelhas. Para entrar, então, no curral de Jesus, é necessário passar por ele. Esse curral de ovelhas é a igreja. A igreja é a reunião das ovelhas de Jesus.

Tendo isso em vista, o texto bíblico fala sobre entrar e sair (“entrará e sairá”). Se, ao entrarmos, encontramos uma placa sobre a porta com o escrito “vinde”, estando dentro, ao olharmos novamente para a porta, veremos uma outra placa com o escrito “ide”. Em Mateus 28.19, Jesus disse: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome

do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo”. Vinde e ide. Aquele que experimenta os benefícios de se passar pela porta deve sair por ela e proclamá-la a outros que ainda não tiveram essa oportunidade. Entrará e sairá.

O texto, entretanto, não se encerra nesse ponto, ele acrescenta: “E achará pastagem”. A provisão do pastor nunca cessará para aquele que entrou pela porta. Onde quer que ele esteja, haverá pastagem para alimento e descanso. Seja no curral da igreja ou no campo aberto.

Se você já entrou pela porta, tem saído por ela para apresentá-la a outros que ainda não passaram por ela?

CONCLUSÃO:

Sem uma porta, metaforicamente ou não, a vida de todos seria muito dificultosa e limitada. Jesus é a porta. E somente ele. Afinal, ele não disse ser uma das portas, mas a porta. Aquele que entra por ele encontra a vida abundante e segurança. Assim:

1. Entre pela porta. Assuma um compromisso de fé com Jesus. Se você já fez isso, lembre-se que ele é uma porta de saída frente às adversidades;

2. Desfrute o descanso de suas lutas e a segurança de sua salvação. Lembre-se do Salmo 91:1 e Lucas 13:34. Em caso de adversidades, coloque-se nas mãos de Deus, que é onipotente;

3. Saia pela porta. Não guarde o curral apenas para você. Apresente a porta para outras pessoas para que elas também possam desfrutar dos benefícios da salvação.

Finalmente o melhor entendimento apra o Solus Christus é reconhecermos que não há nehum outro caminho, nome ou ensinamento que nos leve até Deus, somente por Ele podemos chegar ao Pai: " Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Niguém vem ao Pai se não for por mim!